Na visão de Neto, o torcedor que vai ao estádio, paga ingresso e tem total direito de se manifestar nas arquibancadas, e o grito ironizando o rival neste sentido é classificado como algo normal e sadio.

 

“Não pode gritar olé, hein. Se o Corinthians tiver perdendo de 10 a 0 vocês não gritam olé, hein, porque é desrespeito. Meu irmão, você tá de sacanagem, Abel Ferreira? Vocês querem inventar o futebol diferente do nosso aqui”, detonou Neto criticando também a reclamação do treinador sobre o alto volume de jogos do calendário brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.