Não dá para comparar [o valor do Mundial na Europa] ao valor que o time sul-americano dá. É diferente. Eu, Thiago Silva, Kenedy e o treinador – que tinha uma noção de como era – ficamos em cima dos caras: ‘A gente tem que ganhar, não tem como perder, é muito importante'”, declarou Jorginho, em entrevista ao “Canal do Alê”, no YouTube.

Aí, o treinador, antes de a gente viajar, mostrou o ônibus do Palmeiras saindo no meio daquela loucura: ‘Se vocês não tem noção do que vai esperar vocês em Abu Dhabi, é isso aqui – para vocês começarem a ter noção’. Ele colocou a imagem do ônibus, a massa. O técnico disse que a gente encontraria um ambiente inesperado no estádio e que era para se preparar, que não seria fácil”, continuou

“Aí, os caras começaram a perguntar. A gente foi mostrando vídeo e conversando: ‘Isso é mais importante que Libertadores, que Champions League, que tudo para os caras. Eles dão a vida, vendem a mãe'”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.