O Palmeiras agendou para a tarde desta segunda-feira a assinatura do primeiro contrato profissional com Endrick – o acordo passa a valer a partir de 21 de julho, quando o atacante completa 16 anos de idade e passa a ter condição de atuar na equipe principal.

Palmeiras terá 70% dos direitos econômicos, enquanto a família do garoto contará com os outros 30%.

Já a multa rescisória para clubes do exterior parte de 40 milhões de euros ou R$ 207 milhões. Existem gatilhos que podem elevar esse valor para 60 milhões de euros ou R$ 310 milhões

Preocupado com o valor da multa rescisória no Brasil, o Palmeiras também prometeu um salário alto para alguém que está subindo da base. Endrick vai ganhar R$ 90 mil por mês no primeiro ano de contrato, R$ 100 mil no segundo e R$ 120 mil no terceiro.

 

Vale lembrar que a multa entre clubes brasileiros é calculada de acordo com o salário multiplicado por 2.000. Ou seja, no primeiro ano do vínculo, se algum time daqui quiser tirar Endrick do Palmeiras, terá de depositar R$ 180 milhões.

Fonte Jorge Nicola

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.