Depois de duas temporadas com atuação tímida no mercado, o Palmeiras deve trabalhar mais para reforçar o plantel na gestão da presidente Leila Pereira, que se inicia oficialmente no próximo dia 15, mas já está movimentando o dia a dia da Academia de Futebol desde o início desta semana

A chegada de um centroavante e pelo menos mais uma opção para a zaga sempre estiveram entre as prioridades do planejamento do Verdão.

 

 

Em 2021, os palmeirenses tentaram as contratações de Rafael Santos Borré, Valentin Castellanos e Ademir, mas nenhuma negociação teve sucesso. O principal objetivo de Abel Ferreira sempre foi contar com mais um centroavante, além de um atacante rápido canhoto.

 

 

Nos últimos anos, a diretoria palmeirense mapeou o mercado sul-americano atrás de opções mais jovens e com menor custo. Foi por meio dessa política que chegaram os laterais uruguaios Matías Viña e Joaquín Piquerez, contratações bem elogiadas nos bastidores do clube.

 

 

As opções para o lado direito, porém, como o colombiano Daniel Muñoz e o argentino Marcelo Herrera, não tiveram as negociações concluídas

A contratação de mais um zagueiro, preferencialmente canhoto, também sempre foi um desejo de Abel Ferreira. Na temporada 2020, o Verdão contou com Alan Empereur, mas o defensor deixou o clube após o término do empréstimo. Após as férias, os palmeirenses discutiram a possibilidade de investir na chegada de Victor Cuesta, do Internacional, mas o negócio não caminhou.

 

 

Caso Felipe Melo não renove, o setor terá mais um desfalque já que o volante foi improvisado na zaga em algumas ocasiões. As outras opções são Gustavo Gómez, Luan, Kuscevic e Renan.

 

 

 

Ainda sem a definição sobre quem será o diretor de futebol em 2022 – Anderson Barros tem contrato até dezembro e o clube quer mantê-lo –, o Verdão terá no vice-presidente Paulo Buosi seu principal nome no departamento de futebol na gestão de Leila Pereira. A diretoria trabalha também para definir as situações de Jailson e Felipe Melo, que têm contrato até dezembr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *