O atacante Giovani, de apenas 17 anos, é a bola da vez no Palmeiras – e também é assunto em vários clubes grandes da Europa.

 

Segundo apurou o ESPN.com.br, o jovem atleta, que marcou pela 1ª vez pelo profissional na vitória sobre o Cuiabá, na última terça-feira, é monitorado de perto por Juventus, Barcelona e pelo City Football Group, que controla clubes como Manchester City, Girona, Troyes, New York City FC e Yokohama F. Marinos, entre vários outros

O Grupo City, aliás, chegou a fazer uma proposta oficial por Giovani no início da temporada, quando o atleta foi promovido ao profissional do Verdão, mas o Alviverde recusou.

 

De acordo com pessoas ouvidas pela reportagem, à época o Palmeiras disse “não” por dois motivos: valores considerados baixos pelo potencial do jogador e também o timing, já que a diretoria avaliou que ainda não era hora de negociar uma joia da base.

 

Além das equipes já citados, outras equipes importantes da Europa, como Atlético de Madrid, Benfica e Monaco, também acompanham o desenvolvimento de Giovani com grande interesse.

Apesar das sondagens, porém, o time do Palestra Itália não tem nenhuma proposta oficial na mesa no momento – nem por Giovani e nem por qualquer outro atleta

Segundo apurou o ESPN.com.br, as premiações obtidas com o título da Conmebol Libertadores deram um bom respiro às finanças palestrinas nesta reta final de temporada.

 

O departamento financeiro do clube no momento está terminando de fechar os números de 2021 para avaliar os cenários de compras e vendas de atletas, mas, de acordo com o que soube a reportagem, não há nenhum negócio bem encaminhado no momento, tanto em chegadas quanto em partidas.

 

Pelo profissional palmeirense, Giovani, que ganhou o apelido de “Mahrez” nas canteras palestrinas pelo estilo similar de jogo ao argelino do Manchester City, soma 12 partidas, com 1 gol e 1 assistência até o momento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *